Mobilização Caverna das Tribos - Alemanha

 Louvado seja Deus por todas as coisas que Ele tem feito em nossas vidas. Esse tem sido um constante exercício de fé em minha vida, louvar a Deus exactamente por TUDO. Não é uma tarefa fácil e nem simples, mas tem sido de grande aprendizado.
Aqui na Alemanha, o inverno chegou, ainda não está frio ao extremo, a neve ainda não veio com força total e isso é motivo de alegria, com neve tudo fica mais difícil. Final de ano sempre é um desafio a parte na Alemanha, por mais tempo que um estrangeiro viva aqui, sempre existe algumas coisas que são difíceis de acostumar-se e no meu caso é o frio intenso, e quando eu falo de frio é -10˚C para baixo, ano passado peguei -24˚C, e isso é frio demais, acreditem. Quero agradecer a vocês, que tem orado enviado palavras de incentivo e abençoado a minha vida financeiramente, sem a ajuda de vocês, o trabalho aqui seria muito mais difícil, Louvado seja Deus pela vida de vocês.

O  trabalho de discipulado é algo que há cada mês o Senhor tem acrescentado um significado novo, principalmente na minha vida. Particularmente na Alemanha, não existe outra maneira de se pregar o evangelho se não for através de relacionamentos. O conceito de amizade deles é bem diferente do conceito brasileiro, onde conhecemos uma pessoa hoje e amanhã já há chamamos de amigo. Aqui na Alemanha isso é bem diferente, eles usam uma palavra que significa ‘‘conhecido’’ e isso de uma maneira muito superficial. O conceito da palavra amigo por parte deles é algo bem especial, onde ser chamado de amigo, tem um peso e uma responsabilidade muito grande.
E é desta maneira que tenho tentado trabalhar o discipulado com eles, mantendo um relacionamento de amizade diária e não somente nas reuniões. O discipulado aqui em especial requer tempo, (precisa-se, gastar muito tempo individualmente com cada um). Existe todo um factor cultural na mentalidade de muitos jovens, que por influência de seus pais, declaram que Deus está morto. Então muitas vezes o processo é demorado e requer muita paciência.




E como se não bastasse todos as dificuldades existentes na cultura, existe também o factor de não ter a fluência do idioma, isso também é algo muito difícil, mas Deus tem nos abençoado, e no tempo Dele todas as coisas serão feitas. (Antes que alguns perguntem porque da comida? eu já respondo), toda reunião de discipulado eu cozinho para eles, essa é a maneira que eu demonstro o amor de Deus para eles [servindo]).

 O trabalho com as crianças é algo que tem dado bons frutos, mensalmente aos sábados desenvolvemos programações com as crianças, onde podemos ensinar valores cristãos que elas vão carregar por toda a sua vida. No ultimo semestre trabalhamos a historia de José com elas, e foi uma grande surpresa em dezembro no ultimo encontro do ano, ver elas lembrando toda a história e aplicando no seu dia a dia. Algumas crianças turcas que nunca haviam participado do nosso trabalho começaram a participar e há 2 meses estão frequentemente conosco juntamente com suas mães, isso é uma grande oportunidade para nos relacionarmos com as famílias turcas, que no geral são bem fechados.
Para janeiro iremos começar a trabalhar a história de Moisés, e muitas das crianças já estão animadas com o novo tema. Tentamos trabalhar temas que as crianças possam fazerem parte da historia e isso tem motivado as crianças a cada sábado a participarem e também a trazerem visitantes. O trabalho com as crianças tem se tornado cada vez mais solido e em constante crescimento. Aqui esse tipo de trabalho com as crianças nos dá uma abertura para conhecermos as famílias delas e com isso desenvolvermos relacionamentos sólidos onde podemos compartilhar do amor de Deus e a importância da família na sociedade em que vivemos.

O foco desse trabalho era estabelecer contacto com as crianças, porem Deus tem acrescentado mais a cada dia. Muitas vezes através das crianças temos um bom relacionamento com as famílias, onde algumas delas confiam seus problemas e com isso temos a liberdade de partilhar o que a palavra de Deus nos ensina. Temos trabalhado com algumas famílias fazendo visitas periódicas e partilhando um pouco de vida e esperança com essas famílias.


O grande desafio aqui não é apresentarmos um deus, e sim apresentarmos O DEUS, que rege todo o universo, e para isso somente o Espirito Santo para convencer essas pessoas da Existência e do amor do único Deus. Como já falei, muitas dessas pessoas vem de um contexto que é ensinado que Deus está morto, e trabalhar a mudança dessa mentalidade é o nosso desafio.



 Por favor orem por:
✤ Pela saúde da minha família no Brasil.
✤ Pela minha saúde.
✤ Pelo aprendizado da língua alemã.
✤ Pelos projetos que estamos desenvolvendo.
✤ Pelo orfanato que estamos montando em Muyuka em Camarões. (Vou escrever um informativo especial somente sobre esse trabalho)
✤ Para Deus levantar pessoas para serem fieis mensalmente na ajuda financeira do meu ministério, tenho passado tempos difíceis na questão financeira. Tenho apenas 70% do valor que eu preciso mensal e estou sendo obrigado a deixar de desenvolver alguns dos trabalhos devido a questão financeira. Preciso conseguir mais 800 reais a mais mensalmente para o meu sustento atual, esse tem sido o grande desafio dos últimos meses, algumas coisas chegaram no seu limite, preciso desse milagre.
✤ Pela minha viagem ao Brasil em Maio. (Em maio fará 2 anos e 5 meses que estou na Alemanha sem retornar ao Brasil para visitar minha família e igreja.


Para Ajudar

Banco Bradesco
Agencia: 2582

Conta corrente
5191-8

Ricardo Luis de Pádua

1 comentários:

Caverna das Tribos - BH disse...

Senhores, temos que mobilizar e sustentar o Missionário Ricardo de Pádua. Caverna das Tribos Nacional, é hora de agir e tomar este ministério de contribuição. Alô alô CAMPINAS - GUARAMIRIM - BELO HORIZONTE - ARARANGUÁ vamos firmes nessa, como exemplo umas das reuniões ser levantado ofertas para este fim, ou até mesmo no culto de missões da igreja, se assim for acertado com os pastores presidentes.

Vamos conversar através do Facebook Nacional do CT.

Pr. Weverton Fortunato.

Postar um comentário

 
Design Gráfico | Gil Villela