#MISSÃO?!...

 Missão Integral é uma compreensão acerca da missão da igreja como um todo. Ação social é uma das dimensões da missão e não o seu todo. Segundo a declaração de Wheaton, de 1983, “o mal não está apenas no coração humano, mas também nas estruturas sociais (…) A missão da igreja inclui tanto a proclamação do evangelho quanto sua demonstração. Precisamos, pois, evangelizar, responder a necessidades humanas imediatas e pressionar por transformações sociais.”

Não há dicotomia bíblica entre a palavra falada e a palavra que se faz visível na vida do povo de Deus. Os homens olharão ao escutarem, e o que eles virem deve estar em consonância com o que ouvem (…) Há tempos em que nossa comunicação pode dar-se apenas por atitudes e ações, e há outros em que a palavra falada estará só: mas precisamos repudiar como demoníaca a tentativa de meter uma cunha entre a evangelização e a preocupação social.

Segundo Ed René Kivitz, “a soteriologia da missão integral é o domínio de Deus, de direito e de fato, sobre todo o universo criado; o reino de Deus em plenitude; a redenção pessoal é apenas uma parcela do que o Novo Testamento chama salvação”.

Entendeu como a missão integral é muito mais abrangente do que a consciência de nossa responsabilidade social, que está contemplada na compreensão do que é a nossa missão, mas não a expressa como um todo?
Pra terminar, gosto muito de uma frase do Bispo Robinson Cavalcanti, sobre a missão da igreja, que diz: “A missão da Igreja é manifestar aqui e agora a maior densidade possível do Reino de Deus que será consumado ali e além com sinais proféticos que anunciam a sua vinda”.

Portanto, a missão integral é o modo como faremos com que a autoridade de Cristo seja extendida de fato sobre a terra, como é plena de direito nos céus, conforme Mateus 28. 18, buscando, enquanto seu corpo, o restabelecimento de toda ordem pessoal, relacional, social e estrutural, desconfigurada pelo caos do pecado.

Texto publicado em Juventude e Missão Integral Por Fabricio Cunha.

1 comentários:

Caverna das Tribos - BH disse...

Concordo e afirmo que as igrejas que se digam missionárias ou não, precisam tomar vergonha na cara e realizar de fato o seu papel na sociedade, chega de apenas falar, devemos praticar .... particar ... Pr. Weverton.

Postar um comentário

 
Design Gráfico | Gil Villela